Adoção

Após passar por 24 casas de adoção, homem encontra uma família e é adotado aos 33 anos

FONTE: PERFEITO

Essa grande mulher começa a contar sua história a partir do encontro que ela e seu marido tiveram com Dale, há muitos anos, quando este era apenas um garoto de 16 anos, mas já tinha passado por mais de 24 casas de adoção.

Vontade de ir para a escola fez garoto de Ruanda ser adotado por uma americana que mudou a sua vida!

Dale ficou órfão ainda pequeno e teve que morar com alguns parentes. Ele foi abusado de todas as formas: sexual, física e psicológica; até que um dia conheceu o casal e teve sua vida transformada.

Tudo começou com um pedido simples de Michelle a ele: “fale-me sobre você”. Depois de conhecer a trajetória daquele garoto, ela voltou para casa e passou dois dias chorando. O casal já havia adotado quatro crianças, mas sentia que precisava ajudá-lo.

A aproximação entre eles começou com alguns jantares. Depois Dale foi convidado a passar os finais de semana na casa do casal até que, de forma muito natural, ele passou a morar com essa que seria sua nova família.

Passados alguns anos, o garoto saiu de casa para fazer faculdade. Após concluir os estudos, casou com sua namorada do ensino médio e teve dois filhos. Porém, eles acabaram se divorciando porque Dale revelou que era gay.

Durante todas essas etapas, ele sempre teve o apoio de sua família. Viveu épocas de muita união com seus pais e irmãos, mas eles também passaram por problemas de convivência durante alguns anos.

Logo depois do divórcio, Dale descobriu que estava com uma doença mental, que se agravou após ser tratada de forma indevida. Transtornado, ele afastou-se de todos e ficou sem falar com a família por muito tempo. Mesmo sem notícias do filho, Michelle e Steve permaneceram esperando por ele, dispostos a amá-lo e ajudá-lo no que precisasse.

Até que Emma, uma das filhas do casal, teve a iniciativa de se comunicar com Dale por e-mail, no começo do ano passado. A partir daí, a família voltou a ter notícias dele e um dia eles marcaram de se encontrar.

Após voltarem a conviver e ter ótimos momentos juntos, Michelle e o marido decidiram oficializar a adoção de Dale, que ao ser questionado sobre essa ideia, disse que sempre esperou por isso. Ele sempre foi considerado como um filho e recebeu amor genuíno, mas esse acontecimento foi importante para todos. Após aproximadamente 17 anos, ele foi adotado legalmente.

Michelle finaliza contando que a família passou por momentos muito delicados e difíceis. Eles superaram diferenças, distâncias e burocracias, sendo sempre sustentados pelo amor:

Nossas contribuições foram nossas insuficiências, nossas falhas, nossas tentativas equivocadas de jovens pais para criar um adolescente com trauma … não tínhamos ideia. Mas a chave era o amor. Sempre houve amor. Foi bagunçado e mais difícil do que eu poderia ter imaginado… mas também valeu a pena. A adoção é um presente, independentemente da idade.

 

Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Please let us know your name.
  2. Email
    Please let us know your email address.
  3. Captcha(*)
    Captcha
    Invalid Input