Ser mulher

Projeto ‘Siga em Frente’ ajuda mulheres que sofreram violência doméstica em Volta Redonda

FONTE: G1

Objetivo é fazer com que mulheres consigam retomar suas vidas com empoderamento. Consequências nas vítimas vão além das físicas e psicológicas.

O projeto “Siga em Frente” começa na quinta-feira (14) em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro. A abertura acontece às 15h, no Centro , que fica na Rua Desembargador Assis Chateaubriand, nº 18, no bairro Aterrado. O objetivo é ajudar as mulheres que sofreram violência doméstica, inserindo as vítimas de volta ao mercado de trabalho.

O projeto visa ajudar as vítimas que, além da agressão física e mental, também têm a vida social afetada e a saúde comprometida pelos danos causados pela violência.

A ação é organizada pela Secretaria de Direitos Humanos (SMIDH) e conta com o apoio da Delegacia Especializado em Atendimento à Mulher (Deam) do município, Ministério Público, Tribunal de Justiça e Defensoria Pública.