Sustentabilidade

PepsiCo começa a vender água em lata para reduzir consumo de plástico

FONTE: CICLO VIVO 

Inicialmente, a água em lata estará disponível em estádios, lanchonetes, restaurantes e eventos.

PepsiCo anunciou na última quinta-feira (27) que vai tomar mais algumas medidas com o intuito de reduzir o consumo do plástico e aumentar a economia circular de suas embalagens. Entre as medidas comunicadas, a que mais chama a atenção é que a marca Aquafina, uma das mais vendidas nos Estados Unidos, passará a ser vendida também em lata.

O alumínio é um material que pode ser infinitamente reciclado, sem perder suas características (saiba mais aqui), enquanto o plástico é um produto de difícil reciclagem, com pouco valor para a cadeia. Segundo pesquisa da WWF, os Estados Unidos são os maiores consumidores de plástico no mundo, porém não reciclam nem a metade do que colocam no mercado.

Inicialmente, a água em lata estará disponível em estádios, lanchonetes, restaurantes e eventos. A empresa também pretende vender a água em lata em máquinas de autoatendimento, as chamadas “vending machines”. A transição será gradual, mas se for bem aceita pelo público, a marca pretende expandir ainda mais o projeto.

Transição para a economia circular

A empresa declarou que vai alterar a porcentagem de plástico reciclado na garrafinha de outra água “premium” do grupo, a LifeWTR, que agora passará a ser feita com 100% PET reciclado. Além disso, anunciu também o fim da venda da água com gás da marca Bubly em garrafas plásticas, que agora será vendido somente em lata.

Segundo a empresa, as mudanças entrarão em vigor no próximo ano, e devem eliminar mais de oito mil toneladas de plástico virgem e, aproximadamente, 11 mil toneladas de emissões de gases de efeito estufa.

“Como uma das principais empresas de alimentos e bebidas do mundo, reconhecemos o papel significativo que a PepsiCo pode desempenhar para ajudar a mudar a forma como a sociedade produz, utiliza e descarta plásticos. Estamos fazendo nossa parte para resolver o problema, reduzindo, reciclando e reinventando nossas embalagens para torná-las mais sustentáveis, e não pararemos até que vivamos em um mundo onde os plásticos sejam renovados e reutilizados”, disse Ramon Laguarta, presidente e CEO da PepsiCo.

A meta da PepsiCo é, até 2025, tornar 100% de suas embalagens recicláveis, compostáveis ou biodegradáveis e usar 25% de conteúdo plástico reciclado em todas as suas embalagens plásticas.