Giro pelo Brasil

Veículo em vaga exclusiva de idoso e deficiente pode ser guinchado em Curitiba

FONTE: BANDAB

O respeito às vagas exclusivas para idoso, deficiente, carga e descarga e 15 minutos - pisca-alerta deve ser obedecido 24 horas e não somente no horário comercial

Ocupar as vagas do Estacionamento Regulamentado (EstaR) exclusivas para idosos, deficientes ou de carga e descarga sem ter direito rende transtornos para o motorista. Além de multa e perda de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o veículo pode ser guinchado.

O respeito às vagas exclusivas para idoso, deficiente, carga e descarga e 15 minutos – pisca-alerta deve ser obedecido 24 horas e não somente no horário comercial.

“A fiscalização continua à noite e no fim de semana. O motorista deve ficar atento à sinalização para evitar problemas”, diz o secretário de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

A informação com horários, que aparece nas placas, se refere ao período em que é obrigatório deixar o cartão do EstaR. “O espaço não pode ser utilizado como se fosse uma vaga comum após o horário determinado”, explica o secretário.

Casos recentes
Na semana passada, uma das equipes da Superintendência de Trânsito (Setran) que faziam a fiscalização de rotina no Centro constataram um estacionamento irregular em vaga de carga e descarga na Rua Dr. Muricy, ocupada por um Ford Ecosport ano 2009.

Além do estacionamento irregular, o veículo estava com licenciamento e IPVAs atrasados e multas de trânsito que ultrapassavam o valor de R$ 2,8 mil por infrações como avanço de sinal vermelho, transitar acima da velocidade máxima permitida para a via e outras irregularidades no EstaR.

O automóvel foi removido e levado ao pátio da Setran, no bairro Portão. A retirada está condicionada ao pagamento dos débitos anteriores do veículo, da taxa de remoção e da diária no pátio. Mais informações estão disponíveis no site da Setran. As informações estão disponíveis no site da Setran.

A infração, amparada pelo artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é de natureza grave. Além da possibilidade de remoção, corresponde a multa de R$ 195,23 e perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Uma semana antes, outro veículo foi guinchado na Rua Coronel Menna Barreto Monclaro, também no Centro, por exceder o tempo de utilização de uma vaga do EstaR.

Vagas comuns

São 10.191 vagas de EstaR que podem ser ocupadas pelo período de até duas horas. Outras 442 vagas podem ser ocupadas por uma hora. O tempo máximo permitido está informado nas placas de sinalização (ao lado das vagas), com uso obrigatório do cartão indicando dia e horário.

Essas vagas são indicadas pela cor verde e podem ser ocupadas por veículos com até 1,8 tonelada, com proibição para motos. A fiscalização do uso correto nessas vagas acontece das 9h às 19h em dias úteis e, aos sábados, das 9h às 13h.

Vagas de carga e descarga

De acordo com o local, também têm tempo variando entre uma e duas horas. O horário de utilização do cartão é o mesmo que para as vagas comuns, mas atenção: a utilização é destinada somente a veículos entre 1,8 tonelada e 7 toneladas, que devem obrigatoriamente deixar visível cartão com data e horário no prazo estabelecido. As placas são identificadas com a cor laranja.

Vagas exclusivas (idoso e deficiente)

O estacionamento é permitido somente com a credencial visível. O uso do cartão no horário estabelecido continua sendo obrigatório. As placas são de cor azul.

O veículo pode ser guinchado caso esteja estacionado em vagas exclusivas para idosos ou deficientes sem a devida comprovação. O mesmo acontece em locais em que é permitido apenas o embarque e desembarque ou parada de 15 minutos com pisca-alerta ligado.

Pisca-alerta 15 minutos

Essas vagas, implantadas em locais com grande movimentação rotativa de veículos próximo de estabelecimentos comerciais, tem uso estipulado pelo limite de 15 minutos. Ao passar pelo local, o agente de trânsito controla a permanência do veículo e caso ultrapasse o tempo na vaga, faz a autuação. A utilização desses espaços está condicionada ao acionamento do pisca-alerta do veículo.