Giro pelo Brasil

Campinas reforça dose contra sarampo em 349 crianças

FONTE: CIDADE ON

Balanço total do Dia D da Campanha de Vacinação contra o Sarampo, realizada no sábado (19), foi divulgado nesta segunda (21)

Campinas reforçou a dose de vacina contra o sarampo em 349 crianças no Dia D da Campanha de Vacinação contra o Sarampo, que foi realizada no sábado (19) na cidade. No total, 3.651 crianças entre 6 meses e menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) compareceram aos postos de vacinação.

No entanto, como a campanha é de intensificação, foram aplicadas doses somente em crianças que ainda não haviam sido vacinadas. No ano, mais de 85 mil crianças já foram vacinadas contra o sarampo no município em 2019. No domingo (20), Campinas já havia divulgado um balanço parcial da operação.

O último boletim epidemiológico, divulgado na sexta-feira (18), indicou que a cidade está com 86 casos de sarampo confirmados. Os casos foram notificados entre 8 de julho e o último dia 17.

Dos 86 casos, 27 foram registrados em menores de um ano; 20 são em crianças entre 1 e 4 anos; cinco, em crianças entre 5 e 9 anos; um entre 10 e 14 anos; cinco entre 15 a 19 anos. Outros 20 casos ocorreram em adultos na faixa etária entre 20 e 34 anos; sete, na faixa entre 35 e 49 anos de idade. E ainda há um caso entre 50 e 64 anos. Não houve óbitos.

SURTO NO PAÍS

Por causa do surto da doença em todo o país, Campinas iniciou esta campanha no dia 7 de outubro e a previsão de término é na sexta-feira (25).

Durante este período exclusivo de campanha foram vacinadas 1.904 crianças (já incluídas nas mais de 85 mil). Uma segunda fase irá intensificar a vacinação de adultos de 20 a 29 anos, entre 18 e 30 de novembro.

DOSE ZERO

Antes, a primeira dose contra o sarampo era feita quando a criança completava um ano mas, no início de agosto, a Secretaria de Saúde de Campinas adotou a estratégia da chamada dose zero, para crianças a partir de seis meses de idade. A medida se antecipou à recomendação do Ministério da Saúde, que dias depois anunciou para o País como um todo. A dose zero não substitui as de rotina, que devem ser mantidas aos 12 meses, por meio da vacina tríplice viral, e aos 15 meses, por meio da vacina tetraviral ou pela tríplice viral associada à vacina contra a varicela. A efetividade da vacina é maior para aqueles que tomaram todas as doses recomendadas.

Situação da doença

Dados de novo boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na última sexta-feira, dia 18, apontam 86 casos de sarampo confirmados em Campinas. Os casos foram notificados entre 8 de julho e o último dia 17. Dos 86 casos, 27 foram registrados em menores de um ano; 20 são em crianças entre 1 e 4 anos; cinco, em crianças entre 5 e 9 anos; um entre 10 e 14 anos; cinco entre 15 a 19 anos. Outros 20 casos ocorreram em adultos na faixa etária entre 20 e 34 anos; sete, na faixa entre 35 e 49 anos de idade. E ainda há um caso entre 50 e 64 anos. Não houve óbitos.