Fonte: G1 - Imagem :  Divulgação Agerba

Ainda não há previsão de quando trens serão desativados, mas implementação de novo transporte começa na terça (3).

Passageiros que seguem do bairro de Pirajá, em Salvador, até a Ilha de São João, na cidade de Simões Filho, contarão com transporte de ônibus elétrico e a gás a partir da terça-feira (3). A linha, que estará em fase de testes, passará pelo subúrbio de Salvador.

O objetivo é que o transporte atenda a população durante a desativação do trem dos subúrbio, que vai ser substituto pelo VLT. A data de paralisação dos trens, no entanto, ainda não foi divulgada.

De acordo com o governo da Bahia, a linha do ônibus elétrico contará com cinco veículos, semelhantes aos que já estão circulando em Lauro de Freitas. Os ônibus têm ar-condicionado e a tarifa é igual a dos coletivos convencionais: R$ 4,20.

Apesar do valor ser o mesmo dos coletivos que rodam na capital, os ônibus desse projeto piloto custam sete vezes mais que o valor dos trens do subúrbio, que têm tarifa de R$ 0,50. Por se tratar de um projeto piloto, não há previsão de que ele será oficializado, após a conclusão e funcionamento do VLT.

Os passageiros poderão usar o cartão de passagem e fazer integração com ônibus e metrô normalmente. Segundo o governador Rui Costa, que testou o ônibus elétrico nesta quinta-feira (29), o projeto piloto servirá de avaliação para retirar da frota metropolitana e intermunicipal ônibus a diesel.

“Nós estamos fazendo um projeto piloto de ônibus elétrico e a gás, para retirar da frota metropolitana e intermunicipal os ônibus que queimam diesel. Por quê? Porque se nós queremos cuidar da saúde das pessoas, queimar diesel lança substâncias químicas no ar que o ser humano respira, e em especial sofre muito com isso as crianças e os idosos, além de contaminar, evidentemente, o meio ambiente”.