Fonte: Agência Pará 
Por : Anna Cristina Campos (HEMOPA) - Foto: Ascom / Hemopa

O Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, que atende crianças com câncer em Belém, é um dos principais parceiros da Fundação Hemopa.

Não só por demandar bolsas de sangue e hemocomponentes, mas também por ser um agente mobilizador da doação de sangue por meio de funcionários, colaboradores e familiares de pacientes internados.

As nossas crianças do hospital precisam diariamente de transfusão. Temos a consciência e entendemos a necessidade deste ato de doar. Por isso, fizemos a nossa caravana para comparecer ao Hemopa”, disse Samia Medeiros, enfermeira da agência transfusional do hospital, que mobilizou os voluntários durante uma semana.

A Fundação Hemopa possui nove unidades de coleta em todo o Pará. Além do Hemocentro coordenador, em Belém, também tem os Hemocentros de Castanhal, Marabá e Santarém. E mais cinco Hemonúcleos: Abaetetuba, Altamira, Capanema, Redenção e Tucuruí. Cada unidade atende a região em seu entorno e também recebe caravanas de voluntários de municípios vizinhos.

Solidariedade - Pelo menos três vezes ao ano, o projeto ‘Conectados pela Vida’, do município de São Domingos do Araguaia, encara uma viagem de ônibus de 57km para chegar até o Hemocentro de Marabá para fazer a doação de sangue.

Fazemos parte de uma corrente do bem. Entendemos que uma doação de sangue pode salvar muitas vidas. Por isso não medimos esforços para ajudar”, destacou Fabiana Rodrigues, que faz parte da caravana de São Domingos do Araguaia.

As parcerias de instituições públicas e privadas, associações comerciais e civis, Igrejas, times de futebol, entre outros, estão sendo essenciais durante este período de pandemia que causou impacto negativo no estoque de sangue.

Caravana Solidária em Belém
Por meio do projeto ‘Caravana Solidária’, o Hemopa disponibiliza um micro-ônibus para ajudar no transporte dos voluntários. A inscrição de uma caravana pode ser feita por meio do telefone (91) 3110-6519. São aceitos grupos a partir de 15 pessoas, lotação máxima do micro-ônibus que é operado apenas com 50% da capacidade, atendendo a segurança de distanciamento social.

Carona Solidária em Tucuruí
No Hemonúcleo de Tucuruí, uma parceria com o Sindicato dos Mototaxistas tem ajudado a manter o estoque de sangue. A carona solidária funciona assim: o cidadão liga para o Hemopa para marcar dia e horário para efetuar a doação de sangue, por meio do contato (94) 98415-9006.

A equipe do Hemonúcleo aciona os mototaxistas e repassa as coordenadas para buscar o doador voluntário e conduzi-lo até a unidade de coleta de sangue. Após a doação, o voluntário recebe a mesma carona solidária de volta ao seu ponto de partida. A viagem é inteiramente gratuita.

Como faço para doar? - O cidadão precisa ter entre 16 e 69 anos (menores de idade devem estar acompanhados de um responsável legal para autorizar a doação). Além disso, precisa ter mais de 50 kg, estar bem de saúde e apresentar um documento de identificação oficial, original, com foto (RG, CNH, Passaporte ou Carteira de Trabalho) no momento do cadastro.