Fonte: Governo do Rio Grande do Sul - Imagem: Divulgação

A produção de esteiras térmicas com mão de obra prisional voluntária na oficina de costura da Penitenciária Estadual de Santa Maria começou antes mesmo do início do inverno.

As peças são confeccionadas com caixas de leite e cobertores, finalizadas com fita que permite serem enroladas e transportadas pelas pessoas em situação de rua.

A estimativa é que sejam produzidas cerca de 150 unidades, tendo iniciado a entrega das primeiras esteiras no último fim de semana. O projeto é composto pela 2ª Delegacia Penitenciária Regional (DPR), com parceria do Lions Clube Dores Santa Maria, prefeitura, Sesc, Senac e outras instituições, além de contar com a participação da idealizadora do projeto em Santa Maria, a Associação Acolher com Coração.

O delegado penitenciário Anderson Prochnow e a coordenadora técnica Adriana Rosa enfatizam a relevância do projeto para as pessoas em situação de rua no rigoroso inverno de Santa Maria, ressaltando a parceria da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) com as instituições públicas e do terceiro setor que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade.