Fonte: O Popular - Imagem: Divulgação

Cãezinhos são bem cuidados por pessoas como a Paloma, que amam a causa animal. 

O trabalho independente desenvolvido por protetores e voluntários é fundamental para a causa animal e tem como motor o amor por esses verdadeiros anjos de quatro patas, que muitas vezes são abandonados à própria sorte nas ruas das cidades. Movida pelo sentimento altruísta de respeito ao próximo, Paloma Cristiane da Silva Kudlaviecz fundou a Pucca Store. A loja tem como objetivo auxiliar ONGs e protetores independentes e custear a sobrevivência dos cães comunitários adotados pela família da empreendedora, a partir da venda de produtos personalizados, como camisetas e máscaras.

O processo de acolhimento de animais abandonados por voluntários é de extrema importância no município. Muitos bichinhos têm a sorte de encontrar verdadeiros super heróis pelo caminho, como é o caso da Chica, da Clara e Chico e do Pikachu, os cãezinhos adotados por Paloma e sua família. Eles despertaram na jovem o desejo de contribuir ainda mais com a causa animal, nascendo assim a Pucca Store. “Ajudo esses cães comunitários há alguns anos. Sempre que posso também contribuo com algumas protetoras e ONGS, pois as despesas são grandes. É complicado manter ração de qualidade, banho, tosa e, porventura, quando precisam de médico, é sempre um desgaste”, comenta Paloma sobre a realidade vivida pelos protetores.

Um negócio de impacto social
A loja, batizada de “Pucca” em homenagem a uma falecida cachorrinha da empreendedora, começou a partir de rifas. Paloma relembra que para custear o tratamento dos seus cães comunitários, ela e a família rifaram itens, contando sempre com a solidariedade e a empatia da comunidade para salvar a vida dos bichinhos. Porém, a alternativa acabou se desgastando, surgindo então a ideia de vender produtos de interesse coletivo através das redes sociais.
“A gente recorria às rifas, muita gente ajudou, graças a Deus, mas ela desgastou. Achei que seria melhor vender produtos, assim a pessoa pode ficar com eles, se interessa e pode atingir outros públicos”, conta Paloma.

Adotar. Nutrir. Amar.
A iniciativa de alto impacto social vem crescendo nas redes sociais, a partir de produtos interessantes, de bom gosto e feitos com muito carinho. São sabonetes, canudos retornáveis, máscaras de tecido e camisetas de várias cores, com estampas de cachorrinhos, gatinhos e também com a palavra “Adote”, muito simbólica dentro da causa animal. “Acredito que se as pessoas pudessem olhar por nossos bichinhos, o sofrimento deles amenizaria”, comenta a empreendedora.

Com foco no bem-estar dos animais e no auxílio a protetoras e ONGs, a Pucca Store está nas redes sociais, pronta para atender a pedidos de Araucária e região. Conheça a causa e contribua com vários animais adquirindo um dos produtos pelo @puccasstore.

Texto: Katty Ferreira