Por: Rita Ramos Cordeiro

Uma oportunidade de vida para quem precisa recomeçar

O Albergue Noturno de Itu, através do Projeto Florescer, atende desde maio de 2020, aproximadamente 20 famílias venezuelanas e ituanas, totalizando cerca de oitenta pessoas.


Inicialmente o trabalho se deu por um contato do Projeto Brasil - Um coração que acolhe, mantido pela Fraternidade Sem Fronteiras, solicitando ajuda para hospedar e abrigar temporariamente uma família venezuelana que veio morar na cidade de Itu.

A família, composta por um casal, dois filhos e uma jovem grávida, foram acolhidos por dez dias. Após conhecer mais profundamente o projeto, o Albergue de Itu passou a acompanhar a família por mais quatro meses, auxiliando-os em suas necessidades básicas, custeando aluguel, cesta básica, entre outros.

Atualmente a família conseguiu atingir o autossustento, e a esposa, através do Projeto Bolha de Sabão, também desenvolvido pelo Albergue de Itu, produz sabão com o reaproveitamento de óleo caseiro ajudando, assim, a família com mais uma fonte de renda.

Projeto Bolha de Sabão
A ideia da criação do projeto surgiu para auxiliar na renda das famílias atendidas e para colaborar com a preservação do meio ambiente.

Quando o óleo usado de cozinha é descartado incorretamente em lixos comuns, ele acaba passando para os lixões, contaminando o solo, e sendo absorvido pelas plantas, prejudicando-as, podendo chegar às margens dos rios, poluindo-os.

A aplicação do Projeto Bolha de Sabão tem o objetivo de preservar o meio ambiente, conscientizando as famílias atendidas e a comunidade da necessidade da reutilização do óleo usado de cozinha.



A equipe do Projeto Florescer providencia os utensílios, materiais, as primeiras produções, auxiliam nas vendas e na coleta do óleo usado, doado pela comunidade.

Acolhimento
Os critérios de acolhimento proposto pela Fraternidade Sem Fronteiras, pede que custeie todas as despesas da família, acolhendo de 90 a 180 dias, caso continuem desempregados.

É providenciado toda a mobília e utensílios de casa, e roupas quando necessário.

O Albergue de Itu, procurando ampliar o apoio ao Projeto Florescer, além da proposta de acolhimento das diretrizes da Fraternidade Sem Fronteiras, é responsável pela matrícula das crianças em escolas e creches, cadastros no SUS, busca de empregos, regularização de documentos e outras necessidades.

Os futuros acolhidos são selecionados pela Fraternidade Sem Fronteiras em Roraima ou Amazonas e o transporte aéreo é feito pelo Exército Brasileiro.

Todas as famílias têm acompanhamento do serviço social do Albergue de Itu, que está sempre a disposição para qualquer necessidade.

Segundo o coordenador do Projeto Florescer em Itu, Carlos Mendes, “O que propomos a fazer é dar uma nova oportunidade a estas pessoas. A experiência nos mostra que eles merecem esta chance, pois, se dedicam no trabalho e buscam a melhoria de vida na situação em que se encontram.

Pessoas em situação de rua
Devido às exigências do CNAS - Conselho Nacional de Assistência Social e Tipificação Nacional de Serviços Sociais, para dar continuidade ao atendimento às pessoas em situação de rua, a instituição precisa atender 24 h por dia e ter uma equipe de no mínimo 25 funcionários, para oferecer apenas 20 vagas, o que torna inviável para a instituição, atualmente devido a crise em que vive o país.

O Albergue de Itu não vai desassistir as pessoas em situação de rua, que passarão a pernoitar em outras instituições. Será mantido o Projeto Domingo Sem Fome, onde são oferecidas 60 marmitas todos os domingos. Além, de continuar pontualmente, realizando campanhas de gêneros alimentícios, kit agasalho e material de higiene pessoal.

Doação
O trabalho desenvolvido pela instituição não diminuiu com a pandemia da Covid-19, cada vez mais famílias e pessoas em situação de vulnerabilidade social necessitam de apoio, solidariedade e fraternidade de toda a comunidade para não passar fome.

O Albergue Noturno de Itu continua empenhando seus esforços, focando nas pessoas em vulnerabilidade social, e seu trabalho solidário requer a colaboração de todos.


Atualmente a instituição necessita de kit agasalho para aquecer as pessoas em situação de rua no inverno.

Quem desejar colaborar pode entrar em contato com o Carlos pelo WhatsApp 11 9 8818-7989