Fonte: Olhar direto - Por: Gian Baldo - Imagem:  xresch por Pixabay

Com o período de restrições diante da pandemia, a Delegacia Virtual tem sido uma ferramenta de segurança de relevante importância ao cidadão mato-grossense.

Criada no segundo semestre de 2005, a Delegacia Virtual surgiu como um instrumento de prestação de serviços ao cidadão, que visava dinamizar os atendimentos nas unidades policiais, diminuir filas e aumentar a eficiência nos atendimentos.

Hoje, após 15 anos da criação da Delegacia Virtual, dentre as naturezas aceitas nos registros das ocorrências, temos o extravio, furto, desaparecimento de pessoas, exercício ilegal da profissão, calúnia, injúria, difamação, ameaça, constrangimento ilegal, violação de domicílio e denúncias. Após realizada a verificação e checagem dos dados por parte das equipes policiais, essas ocorrências são remetidas de forma célere para as respectivas unidades que por conseguinte darão o encaminhamento no caso.

Com uma plataforma muito intuitiva e autoexplicativa, o usuário pode gerar seu boletim de ocorrência em poucos minutos. Outrossim, a equipe da delegacia virtual poderá entrar em contato com os usuários para eventuais correções, confirmação e validação de alguns dados e somente após as confirmações presentes no boletim, ele segue de fato para as unidades de acordo com a sua tipificação criminal. Vale ressaltar, que mesmo com as ações de restrição diante da pandemia, as delegacias continuam em funcionamento, com as atividades investigativas em andamento, confecção de ocorrências, além dos flagrantes, e demais situações de emergência.

Atualmente, cerca de 50% das ocorrências geradas pela Delegacia Virtual são de extravio de documentos, o que indica que muitas pessoas têm evitado deslocamentos desnecessários, trânsito, filas, e nesse caso específico, ganhando tempo para confecção dos seus novos documentos, já que o boletim de ocorrência é exigido para a confecção de novas vias.

A tendência é que com o passar dos anos, o número de ocorrências realizadas de modo digital apresente acréscimo, visto que com o aumento de usuários da internet e a inclusão gradual de novas tipificações criminais no sistema, a abrangência do sistema seja ainda mais aprimorada e acessível.

Lembrando que somente na central de ocorrências, localizada no centro de Cuiabá, entre os anos de 2009 a 2019 foram realizadas mais de 460 mil ocorrências, das quais metade desse número foram de ocorrências atípicas, ou seja, que poderiam ser realizadas normalmente através da plataforma digital. Portanto, para o cidadão que estiver precisando de efetuar algum registro de ocorrência, o mesmo poderá acessar o seguinte endereço: www.delegaciavirtual.mt.gov.br

O site funciona 24 horas por dia e através dele você poderá realizar os registros, acompanhar os andamentos e autenticar as ocorrências. Cabe advertir que o usuário que fazer uso do sistema deve estar ciente que as informações atribuídas nas ocorrências devem ser verdadeiras, pois a falsa comunicação é considerada crime e de acordo com o código penal podendo ocasionar em pena de um a seis meses de detenção ou multa.

Mas atenção: em situações de violência ou grave ameaça, além de arrombamentos e outros que venham a requerer perícia, é necessário que o cidadão dirija-se até à delegacia. Em caso de dúvidas quanto ao preenchimento dos dados nas ocorrências, a Delegacia Virtual disponibiliza além do próprio site, os seguintes telefones: (65) 3901-4834 e (65)99989-4035.

 

Gian Baldo é investigador de Polícia, lotado na Coordenadoria de Tecnologia da Informação da Polícia Civil de MT.