Fonte: Gazeta de Cosmópolis - Imagem : não tem nome de fotógrafo.

Noelen Martins da Silva continua à frente do Projeto e se prepara para mais um ‘Natal Solidário’


Moradores em condições de rua despertam a compaixão de muitas pessoas, ou pelo menos, deveriam. Nesta época que já se aproxima do fim de ano, essa compaixão se torna ainda maior devido à vulnerabilidade destes moradores em uma data que representa amor e união. Em Cosmópolis, Noelen Martins da Silva, de 32 anos de idade, segue à frente do projeto ‘Amor Perfeito’ que cuida diariamente dessas pessoas, independente da estação do ano. Conheça mais sobre o Projeto.

Projeto Amor Perfeito
O Projeto tem como foco principal os moradores de rua e dependentes químicos. Sem qualquer tipo de vínculo político ou finalidade lucrativa, o projeto ganhou este nome há pouco mais de um ano, após Noelen se doar por esta causa. “Eu trabalho com a população em condições de rua há nove anos aproximadamente. Comecei trabalhando na cidade de Campinas e, depois, em um projeto aqui mesmo na cidade de Cosmópolis”.

Experiência pessoal
Em uma das primeiras conversas que a equipe teve com Noelen, ela relatou a experiência em detalhes. “Não consegui parar mais! É uma população que tem um carinho especial meu. Com 16 anos de idade, tive uma experiência muito ruim, com drogas, com álcool e sei o que Deus fez na minha vida. E esta é a minha maneira de mostrar o que Ele fez e tentar fazer essas pessoas terem a mesma chance que eu tive. Não cheguei a me afundar no mundo das drogas como acontece com a maioria das pessoas que caem nesta cilada, não cheguei a ir para a rua, mas, foi o suficiente para entender o que faz uma pessoa ter vontade de abrir mão de tanta coisa na vida”.

Como funciona
“O projeto conta com voluntários fixos. Existem pessoas com quem eu posso contar sempre, pessoas que me ajudam a cozinhar, me ajudam a montar as marmitas e tudo mais. As ofertas surgem dos locais mais inesperados. Já estive na Bolívia para fazer um trabalho com a população carcerária de lá e de forma completamente voluntária, de ‘mochilão’ e sozinha. As pessoas de lá acabam me ajudando no projeto daqui também, e como sou do Rio, recebo doações de pessoas de lá, da Bolívia, de pessoas que estão nas redes sociais e me veem pedindo algo e me ajudam, acabam se manifestando. Tenho uma conta separada somente para ofertas, porque sei, que se tiver algum dinheiro ali, ele não é meu. Eu sei que alguém doou e não quis se identificar”.

Motivação
“Existem dias que você não precisa levar ou falar nada, só precisa ouvir: em um dia, você será o ouvido de Cristo; no outro, o abraço de Cristo; no outro, você é a voz de Cristo… Então, é mostrar a eles que não estão sozinhos. É sair dali e mostrar que existe um apoio, alguém que acredita neles. O projeto é levar amor, abrindo a boca ou não, é mostrar com atitude esse amor, seja com abraço, alimento ou um cobertor”.

Retorno
“Nem todos os dias estamos bem, e há dias em que eles trazem a paz que eu preciso, falar deles me emociona muito, porque já houve dias de eu achar que estava fazendo alguma coisa por eles e eu perceber que, na verdade, eram eles que estavam fazendo por mim! Houve dias de eu estar fazendo as coisas, chegar lá desanimada e encontrá-los com aquele sorriso…”

Sem placas
“O projeto é levar o nome de Cristo sem placa alguma. Muita gente me ajuda em tudo isso, até pessoas que não são evangélicas. Então, no meio disso tudo, todos são tocados, todos que doaram uma roupa, uma oferta, um pacote de arroz, todos esses já são integrantes deste projeto. As pessoas me veem, mas, porque sou eu que coloco a cara para pedir, mas é só um rosto, é tudo de Deus e para Deus!”.

Noelen Martins da Silva
Noelen era moradora do Rio de Janeiro, veio para Cosmópolis há sete anos, quando se envolveu com o trabalho na região e especificamente no município. Agora, ela se prepara para mais um Natal Solidário. “Teremos o almoço de Natal, que acontecerá no dia 26/12, na Casa de Recuperação, e 27/12, o almoço que será feito para todos os meninos em situação de rua de Cosmópolis”.

Ano difícil
“Foi possível ver o quanto Deus tem sido bom apesar de todas as adversidades. Estamos enfrentando uma crise imensa, mas, mesmo assim, não faltou quem nos ajudasse com doações. E, às vezes, as doações chegavam do nada, quando mais precisávamos. Pois são com essas doações que mantemos internações, marmitas e socorremos a quem precisa.
Também enfrentamos uma série de dificuldades devido a Covid-19. Nossa maior preocupação é como os meninos em situação de rua, que estão expostos ao vírus e toda dificuldade de fazer um trabalho de conscientização e proporcionar recursos para que eles tenham o máximo de proteção.
Nosso trabalho, que visa levar, antes de tudo, a palavra de Deus, aconselhamento em dependência química e alimentação, reforçou a entrega de itens de higiene pessoal, máscaras, álcool em gel e sabonetes, seguida de informação e esclarecimento acerca do vírus. A pandemia não nos parou! Seguimos firmes no nosso propósito, que é levar o amor de Deus através de atitudes, certos de que logo tudo isso passará!”

Preparativos
“Já começamos a arrecadar as doações para realizar dois almoços. O primeiro deles é o Natal de rua, que já virou tradição! E o segundo é o Natal na Casa de Recuperação. Já estamos a todo vapor, divulgando, pedindo ajuda, buscando doações, fazendo bazar, etc…”

Interessados em ajudar
“As pessoas interessadas podem ajudar doando alimentos perecíveis, como carne, linguiça, frango (ou chester, tender, peru, etc.), alimentos de cesta básica (arroz, feijão, óleo, açúcar, café, etc.), descartáveis, produtos de higiene pessoal (pasta de dente, escova de dente, sabonete, barbeador, papel higiênico), toalhas. As pessoas interessadas em colaborar podem entrar em contato através da nossa página no Facebook: Projeto Amor Perfeito ou através do email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e nós retiramos as doações no local. Aos que quiserem ajudar financeiramente, os dados bancários são: Banco Itaú – Agência 3297 – Conta Poupança 02432-9/500 – Favorecido: Noellen Martins.
Temos também dois pontos de arrecadação: Lojas Félix – Av. Ester n° 628 (Centro) ou Óticas Ipanema (Rua Dr. Campos Salles, 221, Centro).

Considerações
“Este é o nosso Natal de rua! Um momento em que as famílias se juntam, comem bastante, usam roupas novas… E é um momento de muita reflexão, questionamentos e tristeza para muitos deles. Os acompanhamos durante todo ano, mas, especialmente nesta época, temos a intenção de mostrar a eles o verdadeiro sentido do Natal e que eles não precisam se sentir sozinhos… somos uma família! Esse Projeto é um sonho que nasceu no coração de Deus… Nossa preocupação sempre foi deixar claro que o Amor Perfeito é um projeto missionário que também leva assistência, e não ‘apenas’ o assistencialismo em si. Como dizer a uma pessoa que mora na rua: ‘Jesus te ama!’ e deixá-la com fome, frio, suja, sem atenção, sem remédios ou sem uma perspectiva de futuro? Como falar ‘Jesus te ama’ e não demonstrar a ela que amor é esse? O conjunto de tudo que acreditamos… nossa fé em Cristo, nosso amor por pessoas, por histórias e recomeços, fez com que, mesmo com todas as dificuldades, continuássemos olhando pro alto, e acreditando que, assim como tudo que fazemos é pra glória de Deus, todo socorro que precisarmos também vem dEle. Seguimos firmes, lutando para resgatar pessoas das ruas e dos vícios e enchendo-as de amor! Somos apaixonados por vidas, lutamos por elas e somos, acima de tudo, servos. Que todos possam enxergar através de nós, o colo, o abraço e o amor de Cristo”.