Fonte: DefesaImagem: Pixabay

Como temos visto em nossa série sobre o Mês da Adoção, há muitos motivos que explicam a disparidade entre os números de 35 mil incritos na fila de espera por uma criança para adotar e cerca de 5 mil crianças e adolescentes que aguardam um novo lar. E um deles é o fato de muitos desses pretendentes estarem fechados à busca por um perfil de filho que simplesmente não existe no sistema.