Fonte: Jornal da USP - Imagem: Pixabay

Interessados devem ter idade entre 18 e 55 anos e, no mínimo, quatro crises de enxaqueca por mês nos últimos três meses; também devem ter disponibilidade de estar presencialmente na USP em Ribeirão Preto.

Pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP buscam voluntários para estudo sobre a relação de um programa de exercícios dos músculos cervicais e educação em dor em pacientes com enxaqueca.

Para participar, os voluntários devem ter idade entre 18 e 55 anos e, no mínimo, quatro crises de enxaqueca por mês nos últimos três meses. Além disso, precisam ter disponibilidade de estar presencialmente uma vez por semana no campus da USP em Ribeirão Preto por três meses.

Durante o estudo, os voluntários serão divididos aleatoriamente em três grupos, sendo que um deles será para educação terapêutica com orientações sobre o manejo da dor de cabeça e realização de alongamentos ativos e orientações gerais de qualidade de vida. O segundo grupo será com técnicas de terapia manual para desativação de pontos gatilhos e alongamentos cervicais.

Já o terceiro grupo será multimodal e os participantes receberão tratamento com técnicas de relaxamento, alongamentos e liberação miofascial focadas nos músculos craniocervicais, além de um programa de exercícios para os músculos cervicais e educação em dor do paciente. Terminado o tratamento, todos os voluntários serão acompanhados mensalmente por quatro meses.

O estudo Efeito da terapia manual associada a um programa de exercícios dos músculos cervicais e educação em dor em pacientes com migrânea – um ensaio clínico randomizado por três braços é realizado pela doutoranda Gabriella de Almeida Tolentino, com orientação da professora Débora Bevilaqua Grossi, ambas da FMRP.

Os interessados devem fazer a inscrição neste link ou através do site http://dtmcefaleia.fmrp.usp.br/

Mais informações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..